Dicas para fazer o melhor planejamento de obras

Antes de iniciar qualquer tipo de obra, é preciso ter atenção ao planejamento   Fonte: Portal Mapa da Obra Por: […]

Por Tarjab
Em 24 de novembro de 2021

Antes de iniciar qualquer tipo de obra, é preciso ter atenção ao planejamento

 

Fonte: Portal Mapa da Obra
Por: Carla Rocha

 

Todo profissional da obra, ao começar uma nova empreitada precisa fazer alguns cálculos e análises técnicas para escolher desde o sistema que vai ser utilizado ali, até mesmo os materiais e ferramentas que vão ser apoiados nesta construção. Mas nem todo profissional da obra sabe que, antes dessas escolhas, é necessário a realização de um planejamento de obras.

“Estudar previamente o planejamento garante processos mais ágeis, eficientes e reduz os desperdícios na obra. No momento atual em que vivemos uma empresa que não planeja e controla devidamente seus processos, dificilmente terá os resultados esperados”, explica Sergio Domingues, diretor técnico da Tarjab.

A redução de desperdícios na obra e até mesmo, a maior assertividade do cronograma e dos materiais comprados, ajudam a traçar estimativas mais corretas e evitar prejuízos financeiros, tanto para o empreiteiro quanto para o próprio cliente.

No entanto, muitos profissionais apresentam dúvidas sobre como fazer esse planejamento de forma adequada e assertiva. “Para um bom planejamento, deve-se reunir todas as informações possíveis previamente à realização da obra. Com isso, é possível levar em consideração os potenciais imprevistos e tornar o documento utilizável na prática”, destaca o diretor técnico da Tarjab.

É claro que imprevistos podem ocorrer, mas o planejamento serve justamente para diminuir os impactos que eles podem causar e os transtornos internos ou externos, quando até mesmo a vizinhança do canteiro de obras pode ser impactada. “Para o sucesso de um projeto deve haver primeiramente o engajamento da liderança, dos colaboradores e fornecedores para a implantação da filosofia organizacional. Deve-se também identificar restrições e riscos dos processos, a fim de mitigá-los previamente. Após o início do projeto, o controle e ações corretivas são determinantes para garantir o resultado final (PDCA)”, destaca Sergio Domingues.

A importância de que todos respeitem os aspectos do planejamento de obra é fundamental. Seja o profissional da obra, o cliente, o servente e até os fornecedores, é necessário que o planejamento contemple todas as atividades necessárias para o bom resultado da obra final e respeite os momentos em que cada uma delas deve ser inserida.

Etapas para um bom planejamento de obras

  • Análise do local e levantamento de informações;
  • Análise de Legalização da obra;
  • Definição de escopos, trechos e prazos;
  • Análise do caminho crítico e demais ‘’gargalos executivos’’;
  • Orçamento de materiais e mão de obra;
  • Execução e acompanhamento do empreendimento;
  • Ações corretivas em função dos desvios apontados.

Matéria Publicada originalmente no Portal Mapa da Obra

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.